Empreendedora aposta em marca própria e cresce 100% o faturamento

Os chamados produtos de marca própria têm crescido como opção entre os consumidores brasileiros, de acordo com o Estudo Nielsen sobre Marcas Próprias no Brasil. Em 2016, eles tiveram uma expansão de 13,4%, na comparação com 2015.
E em São José dos Campos, o casal de empresários Filipe e Gabriella Schulz estão entre os números da estatística. Os dois apostaram na própria marca de moda feminina para crescer no mercado e inauguram há 4 meses a primeira loja da marca em um movimentado shopping da cidade.
“Comecei apostando na venda de acessórios de porta em porta, evolui para venda de roupas femininas em uma pequena sala, e após muito estudo e pesquisa e também insistência do Filipe, apostei na minha própria marca, que hoje leva o meu nome, Gabriella Schulz”, conta a empresária.
“A loja mesmo que pequena já tinha a cara da Gabriella e com a criação da marca própria, as clientes se identificaram ainda mais. Foi um grande acerto, já que hoje o nosso faturamento cresceu 100%”, revela Filipe Schulz, marido e sócio proprietária da marca.
Quer conferir a entrevista completa? Confira a o bate papo que tive com o casal de empreendedores:

Como curtir os feriados prolongados gastando pouco

O ano de 2018 está recheado de feriados prolongados e ainda tem a Copa do Mundo. E para quem quer aproveitar os dias de folga sem extrapolar no orçamento, vou ensinar a vocês algumas dicas infalíveis para economizar. Confira:

 

  • Pesquise sobre o destino

“Algumas cidades possuem opções de atividades gratuitas ou com valores bem acessíveis, mas muitas vezes não são muito divulgadas, por isso pesquise com calma essas opções via internet e converse com amigos que já foram par ao mesmo destino para descobrir o que vale a pena e o que é furada”, explica a especialista.

  • Hospedagem

Com a Internet, a busca por hotéis ficou muito mais fácil. De acordo com a coach financeira, sites de hospedagens trazem informações suficientes para uma boa análise de custo benefício. “Além disso existe a opção de sites onde você pode alugar acomodações na casa de pessoas que moram no destino. Uma ótima opção para conhecer a cultura local e ainda economizar. Se você for em grupos grandes pode optar por alugar uma casa ou apartamento inteiro para vocês ou ainda negociar o valor do seu hotel”, revela Vivian Sant’Anna.

  • Preços inflacionados

Segundo a especialista, é importante lembrar que feriados prolongados vêm acompanhados de grandes filas e preços mais “inflacionados”, desde a passagem aérea até nas refeições mais simples. “Por isso a dica é sempre pesquisar”, alerta.

  • Feriado em casa

Para a coach financeira, se você está com atividades acumuladas ou até mesmo querendo fugir da confusão turística, a dica é ficar em casa, e porque não? “É mais barato e você pode fazer aquelas atividades que estava prometendo a si mesmo há algum tempo. Você pode aproveitar esse tempo para descansar colocar sua leitura em dia, assistir aqueles filmes que tem vontade e realmente aproveitar esse tempo para descansar e se renovar”.

  • Planeje-se

Não deixe para pensar o que fazer no seu feriado quando ele está muito próximo de acontecer. De acordo com Vivian Sant’Anna, a chave para encontrar boas oportunidades é se preparar com antecedência e assim encontrar boas opções e melhores preços para a data e local escolhido. “Por isso comece definindo seu orçamento disponível e os lugares que gostaria de ir para facilitar suas escolhas”, finaliza a coach Vivian Sant’Anna.

Como aumentar sua produtividade em 2018?

Muitos dizem que o ano começa só depois do Carnaval. Então, vim desejar para você um feliz 2018 com dicas para definitivamente tirar do papel todos os seus planos e executá-los com maestria.

  1. Acorde mais cedo

Se você é daqueles que está cheio de coisas para fazer e não consegue concluir, que tal experimentar acordar uma hora mais cedo que o habitual? Assim quando os problemas começarem a chegar você já estará mais adiantado em suas tarefas.

  1. Anote tudo

Seu cérebro faz um esforço enorme para buscar todas aquelas coisas que você tem que fazer durante o dia. Então que tal adotar uma lista de tarefas? Pode ser um bloquinho, um caderno, um Post It ou aquilo que funcionar melhor para você. O importante é ter onde consultar para não se esquecer de fazer nada.

  1. Planejamento

Estudos comprovam que quem faz um planejamento de suas ações consegue concluí-las em 30% menos tempo do que o necessário. Você pode eleger um dia da semana e estabelecer o que você quer realizar durante aquele período.

  1. Tenha um plano.

Tenha um plano de ação detalhado para cada grande meta. Para cada objetivo que você tiver estabeleça as ações necessárias para chegar lá e coloque essas ações na agenda.

  1. Desconecte-se

Hoje em dia as redes sociais e os smartphones representam uma grande parte da nossa vida e uma parcela enorme do nosso tempo. Se você perceber que passa a maior parte do seu dia conferindo suas redes sociais, estabeleça horários para fazer isso e horários em que simplesmente não estará online.

  1. Esqueça o multitarefa.

Todos achamos que conseguimos fazer 2, 3 ou até 4 coisas ao mesmo tempo, mas infelizmente isso não é verdade. Nosso cérebro se desgasta tentando trocar a atividade a qualquer momento, então, por mais difícil que possa parecer, faça uma coisa de cada vez.

  1. Cuide de você

É impossível ter alta produtividade quando não se está bem. A dica é alimentar-se corretamente e fazer exercícios regularmente. E saiba que existirão dias em que as coisas não sairão como o esperado.

  1. Fuja da Procrastinação

Existem atividades que não são tão agradáveis de se concluir, mas quanto mais rápido você fizer, mais rápido irá se livrar delas. Coloque-as em primeiro lugar na sua lista de tarefas e coloque um limite de tempo para terminar, utilizando o “timer” do seu celular.

  1. Descanse

Se você está cansado, diminuindo suas horas de sono sabe que provavelmente não terá o mesmo rendimento necessário para fazer tudo acontecer. Atente-se no seu dia a dia para ter as horas de sono necessárias para ter um dia produtivo.

  1. Divida suas tarefas em partes pequenas

Se você tem uma tarefa muito grande para ser concluída divida-a em pequenas partes, assim você se sentirá muito mais motivado ao conquistar cada pequena etapa desse grande objetivo.

  1. Aprenda a dizer NÃO

Uma das maiores dificuldades que as pessoas têm é dizer NÃO. Tenho clientes que me dizem o quão penoso é dizer não para a família, para colegas de trabalho. Dizer não para os outros é dizer sim para as suas prioridades e se tornar alguém menos preocupado e mais produtivo.

  1. Reduza as distrações.

Se você percebeu que assistir sua série favorita enquanto tem que entregar um projeto importante (já falamos aqui sobre o multitarefa, mas eu sei que tem gente que precisa daquela música ambiente de fundo!) Por que continuar insistindo? WhatsApp também tem sido uma das grandes reclamações, desligar o celular ou impedir que ele te atrapalhe nessas horas é essencial para deixar sua vida em dia.

 

8 maneiras de melhorar suas conexões (principalmente off-line)

Processed with VSCO with a6 preset

 

A gente abre a internet e tem um monte de amigos no Facebook e conexões no Linkedin , mas será que esse número é realmente o número de pessoas com quem conseguimos ter uma conexão?

 

Hoje darei dicas para você conseguir aumentar seu networking sem ser aquela pessoa chata que se comunica só quando precisa de um favor.

 

  1. Pare de dar convites sem fundo.

 Pois é, nós temos essa mania. Quando encontramos alguém temos aquela conversa boa e nos perguntamos por que ficamos tanto tempo sem se falar, daí rola aquele: “vamos marcar um café?” Esses encontros geralmente nunca acontecem. Aproveite o momento para colocar a conversa em dia e trocar experiências, certamente você receberá insights reveladores e com certeza melhorará sua conexão com a pessoa.

  1. Saia mais!

Estava em casa e tinha uma festa para ir,  não estava muito animada, mas fui! Encontrei um ex-colega de faculdade (que estava no mesmo clima que eu), conversamos um pouco e no dia seguinte recebi o e-mail de uma cliente dizendo que tinha sido indicada por ele. Sem pretensão alguma, o encontro acabou gerando ótimos negócios para mim. Seja pela preguiça, pela facilidade do sofá ou qualquer outro motivo, é muito fácil encontrar maneiras de não sair de casa ou de fazer sempre as mesmas coisas. Mas lembre-se, quanto mais você se esforçar para descobrir novos lugares, mais benefícios o trará.

 

  1. Fique ligado!

Não deixe que e-mails e mensagens fiquem perdidos na sua caixa de entrada ou na infinidade de mensagens no Whatsapp. Como é muito fácil mandar mensagens hoje em dia, também ficou muito mais fácil esquecer de responde-las. Responda assim que possível e demonstre que se importa com as pessoas.

  1. Programe-se

Crie uma rotina de relacionamento e coloque na sua agenda para se encontrar com aquelas pessoas que vem prometendo. Comece devagar com um ou dois encontros por mês. Só não vale serem as mesmas pessoas, hein?

  1. Se interesse pelo o outro
    Não fale apenas de trabalho. Converse sobre a família, os problemas, os hobbies e os interesses das pessoas.
  2. Comunique-se com os desconhecidos

Se você está em um curso ou congresso, normalmente é nos intervalos que acontecem as melhores conexões. Então nada de trocar o intervalo por alguns minutos a mais de estudo. Converse com as pessoas, seja gentil e crie novas conexões.

 

  1.  Seja recíproco

Quando você  puder ser a solução do problema de alguém não hesite em fazer isso. Reciprocidade é um gatilho muito forte na mente do ser humano e com certeza você será recompensado por isso!

  1. Cumpra o que promete

Se você combinou com alguém de entrar em contato em uma semana, seja pontual, coloque um lembrete no seu celular e cumpra o combinado!

 

Que tipo de empreendedor é você?

Existem muitos estilos diferentes de trabalho e obviamente de empreendedor. A The Founder Institute, um programa de lançamento de startups testou mais de 30.000 empreendedores e descobriu que existem 6 perfis principais.
Descubra qual é o seu e aproveite as dicas:

  1. The Hustler

É muito entusiasmado e consegue vender quase tudo. São extremamente confiantes e conscientes e não deixam que nada nem ninguém fiquem no seu caminho.

  1. Inovador

Com o pensamento a frente do seu tempo, esse tipo de empreendedor desafia as ideias antigas e cria maneiras não convencionais de fazer negócio.

  1. Executor

É aquele que simplesmente consegue concluir suas tarefas. Tem a capacidade de resolver problemas com rapidez e eficiência entregando com qualidade e rapidez.

  1. Prodigio

O prodígio é aquela pessoa que já nasce com o senso e instinto de empreendedor. Inteligente determinado com boas habilidades sociais que o ajudam em busca do sucesso.

  1. Estrategista

Criativo e com pensamento tático do negócio o estrategista sempre tem um plano e conseguir enxergar a longo prazo é a sua ferramenta para crescer.

  1. Visionário

Combina ideias novas e inovadoras com entusiasmo e conseguem inspirar outras pessoas a seguirem suas ideias.

 

Fonte: https://www.entrepreneur.com/article/275800

Aprender a empreender assistindo filme?

Sim, é possível! Confira minhas indicações para o dia de descanso ajudar a você a ter novas ideias para o seu negócio.

Tem dias que as coisas não vão bem. O desespero bate na porta, a gente liga a televisão e só vê notícia ruim. Nessas horas, onde você pensa que tudo vai dar errado, que tal se aproveitar dessa lista de filmes interessantes que vão deixar sua mente cheia de ideias e dar um gás novo para dar a volta por cima?

Joy, o nome do sucesso: A protagonista sempre foi criativa, mas com uma vida bem complicada. Ela cria um esfregão que a transforma em uma empreendedora de sucesso, mas não sem antes passar muito perrengue pelo caminho. Vale a pena!

A procura da felicidade: Sim, quase todo mundo já viu, mas se você ainda não assistiu ou se está para baixo, é uma boa pedida. A história de Chris Gardner, personagem de Will Smith, lutando para dar uma vida melhor para o seu filho com certeza vai te ajudar e empolgar a seguir com seus objetivos.

A Rede Social: Já que a gente não sai do Facebook, que tal conferir a história dos jovens que o criaram? Com as dúvidas e percalços existentes no começo da empresa, vemos a construção do que hoje é um verdadeiro império. Um case de sucesso!

100 metros: O filme espanhol conta a história de um homem que resolve questionar as limitações de uma doença que não lhe permitiria andar mais do que 100 metros. Uma história linda de superação que vai te fazer querer sair correndo atrás dos seus objetivos.

Jogo da Imitação: Um dos meus filmes preferidos! A história conta a trajetória do matemático Alan Turin e de sua sua equipe que trabalham para o governo britânico, durante a Segunda Guerra Mundial para decifrar o código de comunicação alemão, o “Enigma”. O equipamento criado por Turin, além de contribuir para o fim da guerra gerou o que conhecemos hoje como nossos computadores. Inspirador, não?

Chef:  Carl Casper perde o emprego em um restaurante e começa seu food truck do zero, um filme especialmente prazeroso de assistir e com certeza vai te dar fome!

Piratas no Vale do Silício: O filme foi lançado em 1999 e conta a história de Bill Gates e Steve Jobs, que ainda estudantes  lideraram uma revolução que integrou os computadores ao nosso dia a dia. Uma história de descobrimentos e também rivalidade.

E saindo um pouco da lista de filmes, a série Abstract (da Netflix) não poderia ficar de fora (já recomendei há algum tempo no meu instragram! Passa lá para conhecer essas e mais dicas!). Cada episódio conta a história de um profissional relacionado ao design em seu caminho em busca de reconhecimento e sucesso. Tem arquiteto, cenógrafo, fotógrafo e profissões que as vezes passam tão despercebidas no nosso cotidiano. Vale a pena!

Um novo jeito de comprar

Produtores artesanais encontram um novo jeito para vender seus produtos, incentivando o consumo saudável na região

Unir forças para prosperar nos negócios foi a maneira que produtores artesanais do Vale do Paraíba encontraram para ganhar mais espaço no mercado. E essa tem sido uma prática assertiva de alavancar as vendas, principalmente se tratando de pequenos produtores, que encontram sempre maior dificuldade na hora de emplacar seus produtos.

A prática inovadora me chamou a atenção, então fui conhecer melhor o mecanismo das feiras orgânicas que acontecem frequentemente em São José dos Campos e tem atraído centenas de pessoas que procuram por um estilo de vida mais saudável e consciente.

Conversei com a organizadora Maria Izabel Sacilotto Cursino Zanella, que me contou como essa iniciativa tem colaborado e muito no crescimento do setor na nossa região, e claro, como isso tem impactado positivamente na economia local.

Confira:

Vivian Sant’Anna: Como surgiu a ideia das feiras orgânicas? Qual a proposta?

Maria Izabel Sacilotto Cursino Zanella: A proposta da feira é unir os produtores locais, as pessoas que empreendem na área de orgânicos, pessoas que utilizam quase nada de compostos químicos na produção de seus produtos, sem conservantes e aromatizantes, incentivando o consumo de alimentos mais saudáveis. A ideia é fazer uma ponte entre consumidores e produtores.

VS: Quais são os benefícios para os artesãos e comerciantes que optam por participar?

MZ: Essas feiras criam novas oportunidades de trabalho, criam um grupo que busca um estilo de vida de consumo saudável e valoriza o mercado local. Além de incentivar os comerciantes a produzirem alimentos mais saudáveis e a ingressarem neste mercado.

VS: De que maneira você acredita que o evento incentiva o consumo do público?

MZ: Consumir localmente é saber a procedência do que você compra e ingere. Um produto artesanal tem toda a sua produção manual. Acredito que há uma crescente nessa procura pela saúde. Vemos cada vez mais pessoas interessadas em produtos vegetarianos, veganos, não apenas para o consumo em si, mas também como curiosidade em conhecer.

VS: Como a feira movimenta a economia do município? Qual o ticket médio de gasto?

MZ: Em média as pessoas gastam entre 15 e 25 reais. E para economia local é um incentivo muito bom, pois os produtores regionais se sentem valorizados em saber que a população está comprando dele e não de produtores de outros estados e até país. É muito importante ter consciência de que comprar produtos artesanais significa uma cadeia muito maior do que apenas consumir alimentos saudáveis. Você está ajudando a natureza como um todo, já que o processo de produção desses alimentos é sustentável.

VS: Quantos participantes estarão presentes nesta edição?

MZ: Nessa feira teremos a participação de 38 produtores, de vários segmentos como alimentação, cosméticos, artesanato, entre outros.

VS: Qual o púbico estimado para essa feira?

MZ: Em média recebemos mais de 1 mil pessoas. É um movimento que tende a crescer a cada dia.

Quer conhecer a Feira Orgânica de perto? A próxima edição acontece nesta terça-feira, dia 6 de fevereiro das 17h às 22h, no estacionamento Cidade Jardim do Vale Sul Shopping. Serão 40 barracas de produtos orgânicos, naturais e também produtos tradicionais. Não percam!

Vamos falar sobre vendas?

Como alavancar suas vendas mesmo com a crise?

Como prosperar no negócio quando o fantasma da crise econômica e política assombram o país em todos os setores da economia? Essa é uma resposta que muitos empresários procuram.

 

O que fazer para conquistar clientes nesse cenário de incerteza e alavancar as vendas? Vou dividir com vocês 5 dicas fundamentais para não deixar o fantasma da crise assombrar o seu negócio. Anote!

 

1 – Visão panorâmica

É preciso fazer um pente fino no seu negócio, independente do setor que você atua. Analisar todos os departamentos e identificar quais são suas deficiências é fundamental para melhorar seu produto ou  serviço. Nesta hora é importante ter toda equipe engajada e comprometida para que todos colaborem com ideias que possam melhorar os serviços oferecidos por cada departamento. Diminuir custos é a palavra de ordem, o fazer mais com menos. Se seu negócio é pequeno, faça um questionário para seus clientes com prós e contras para saber onde está errando para melhorar.

 

2 – Inovação

Segundo o Sebrae, a inovação pode acontecer em todo processo de uma empresa, seja de fabricação, workflow, marketing, gestão, etc. Quando se há a necessidade de crescer e melhorar serviços é o momento de pensar novas estratégias para chamar a atenção do consumidor. E é a hora de  incentivar seus colaboradores com benefícios para quem tiver melhor desempenho ou ideias de melhorias, por exemplo. Em um ambiente onde todos ganham fica mais fácil de trabalhar e prosperar.

 

3 – De olho no mercado

Acompanhar as novidade do mercado que atua é fundamental para estar sempre atualizado, não importa o setor que você esteja. Abra o olho para o seu concorrente, seja ele direto ou indireto, e analise as ações dele, isso ajuda a traçar as ações que devem ser colocadas em práticas. Podemos afirmar, com certeza, que não são apenas os preços baixos ou a qualidade que fazem de um determinado concorrente um vitorioso, mas sim, um conjunto de estratégias bem sucedidas e implementadas. É sempre importante lembrar: se você não fizer, seu concorrente o fará.

4 – Clientela

A grande preocupação é sempre conseguir novos clientes. Mas, em primeiro lugar, é preciso fidelizar aqueles clientes que você já tem, pois eles com certeza são a sua maior propaganda. É importante conseguir novos clientes, mas eles só serão conquistados se aqueles que já consomem seu produto se mostram satisfeitos e disseminam o serviço de forma positiva.

 

5 – Motivação todos os dias

O que antes era um diferencial no mundo dos negócios, hoje é necessidade. Investir na capacitação dos colaboradores, buscar atualizações no mercado e melhorar as condições de trabalho aumenta a produtividade e a qualidade do serviço prestado. Se sua equipe está motivada, ela terá prazer em ir trabalhar todos os dias. Em caso de empresários com negócios menores, onde ele atua sozinho, é preciso gostar do que faz ou se identificar com aquele setor de alguma maneira. É impossível realizar um trabalho bem feito se nem o proprietário acredita que aquilo é o melhor caminho.

 

Ficou com dúvidas? Quer uma dica específica? Me siga nas redes sociais (Instagram: @vfsantanna e Facebook: /santannavivian/) que respondo para você!