Você é o piloto de seus negócios?

Que tal embarcar numa viagem e descobrir se você realmente está preparado para decolar? Foi em um comparativo entre planejar uma viagem e empreender no seu próprio negócio, que tracei algumas ações fundamentais para você ser o piloto da sua empresa. Confira:

 

Escolhendo o roteiro:

Planejar uma viagem é estar aberto ao novo e as redescobertas. Quando planejamos um roteiro, estamos na ansiedade de explorar o desconhecido. E mal sabe esse viajante, que na hora de empreender a sensação é parecida. Segundo a especialista, empreender nada mais é do que se arriscar no escuro e ir mesmo sem saber se vai dar certo. Neste primeiro momento, escolhemos qual caminho irá ser tomado, e qual mercado vamos empreender para planejarmos o nosso próximo passo.

 

Planejando a viagem:

Tudo começa com um desejo, um planejamento, uma visualização do quão bom será trilhar esse novo caminho. Daí começam as pesquisas de mercado, de produto, de serviço e concorrência. É nessa hora também que você analisa o orçamento e verifica para aonde você consegue viajar ou se precisa se organizar mais um pouco para ir onde você realmente quer. Fazer um plano de negócios, analisar o mercado são ferramentas úteis para iniciar esse processo.

 

Afivelando as malas:

Chegou a hora de arrumar as malas e colocar na bagagem tudo o que você precisa para seguir o novo caminho. Essa é provavelmente a hora em que o frio na barriga aumenta, afinal, como saber o que você vai realmente precisar nessa viagem? Nesta fase é comum procurar por ajuda de amigos e conhecidos que já estiveram neste roteiro ou empreenderam neste mercado. Mas, é importante lembrar que cada um tem uma experiência única e por mais que você se prepare, cada um tem uma jornada diferente e precisa saber lidar com os problemas que surgiram no trajeto.

 

Hora da decolagem:

Nesta hora onde o avião decola e a empresa finalmente sai do papel, é hora de se preparar para as turbulências, afinal, agora você é o piloto do seu negócio. O horário comercial nem sempre segue à risca e muitas vezes é preciso abdicar de hábitos rotineiros para que o voo seja de qualidade. Sempre lembro aos novos empresários que é preciso saber identificar o que é urgente para o crescimento da empresa, e o que é menos importante. O ideal agora é focar todos os esforços para a empresa decolar e poder planar com sucesso por longos anos.

 

Mais do que um piloto:

A essa altura o empreendedor percebeu que ele precisa ser muito mais do que um piloto. Ele precisa saber e entender de áreas que antes não eram responsabilidade dele e precisa, ainda, gerenciar e dividir seu tempo para conseguir dar conta. É neste momento que muitos empreendedores se perdem no percurso, pois não conseguem distinguir e realizar aquelas tarefas que farão a diferença no futuro da empresa e no alcance dos objetivos que estabeleceu lá no começo do roteiro.

Obrigada!

7 ideias sobre “Você é o piloto de seus negócios?

  1. Работа по подготовке Ежегодника выполнена в лаборатории мониторинга загрязнения морской среды Государственного океанографического института Росгидромета (ЛМЗ ГОИН, г. discount pfizer viagra peanut bepillsto ru Active Ingredients: levofloxacin (levofloxacin hemihydrate), 500 MG ; DIN: 02315432.

  2. The objectives of this study were to evaluate the efficacy and tolerability of high dose sildenafil as a salvage therapy for patients refractory to the maximum recommended dose of sildenafil. generic viagra i may do a second pull but im pretty Isolation of Piperine from Black Pepper, Journal of Chemical Education, Volume 70, Number 7, July 1993, 598-599; William W.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *